Sofrendo com caspa? 5 formas de amenizar este problema

0
619

1. Aposte na limpeza, hidratação e nutrição 

Embora pareça muito claro, a maior maneira de tratar e reduzir os sintomas da descamação é cuidar da limpeza dos fios e apostar na nutrição e hidratação.

“A lavagem frequente com água morna ou fria, a utilização de shampoos e condicionadores específicos para seu tipo de cabelo e de pele, e a preferência por produtos que ajudem a repor os nutrientes e manter a hidratação dos fios são fundamentais”, recomenda a dermatologista Luciana Maluf.

Na visão da dermatologista, investir em shampoos antirresíduos e anticaspa é uma forma de acabar com as impurezas e o excesso de ativos dos produtos diários.

Contudo, por não cuidar dos fios e também provocar o ressecamento, eles não executam a função sozinhos. “Recomendo aos meus pacientes intercalar o uso de produtos anticaspa com os que têm como finalidade hidratar”, acrescenta. 

2. Não lave em excesso

Mesmo que a limpeza seja um fator de grande relevância no meio desse controle, exagerar nas lavagens também afetam os fios. Isso ocorre porque é preciso que os cabelos tenham uma oleosidade em nível natural, que serve de proteção contra os danos externos e faz com que eles cresçam fortes e saudáveis. 

Além disso, lavar várias vezes pode resultar num efeito rebote, que acontece numa maior produção de óleo no couro cabeludo a fim de compensar a oleosidade que foi retirada, tornando os fios oleosos. “Manter a higienização não significa lavar os cabelos a toda hora, algo que os deixa ressecados e frágeis”, afirma Luciana.

3. Seque os fios e não exagere no acúmulo de produtos 

Outras dicas importantes são remover de forma completa os produtos no momento de lavar a cabeça e buscar deixar os fios úmidos por muito tempo. E é claro, isso quer dizer que dormir com o cabelo molhado é bastante prejudicial a quem tem “dor de cabeça” com a caspa.

De modo que os seque, o recomendável é enxugar corretamente com uma toalha — podendo ser de algodão, preferencialmente — e utilizar o secador na temperatura morna e a uma distância de, mais ou menos, 30 centímetros da cabeça, para que assim evite queimaduras e ressecamento.

4. Use escovas apropriadas 

O tipo de escova que você utiliza também tem a possibilidade de auxiliar no controle da caspa. O estimável é dar preferência a um modelo que se adeque ao seu tipo de fio e, não só para desembaraçar, também deixe a raiz massageada.

Segundo Luciana, esse processo auxilia na estimulação da produção de óleo no couro cabeludo e a reduzir a descamação.

5. Busque uma vida leve e em equilíbrio

Mantenha uma vida equilibrada e que tenha hábitos saudáveis, os quais vão resultar numa sensação de bem-estar físico e também mental. Esses complementam os cuidados necessários com os fios.

Em situações mais difíceis de caspa, é bom que você busque um dermatologista para te mostrar o tratamento adequado e se existe a necessidade de ter que utilizar loções, medicamentos e até mesmo fototerapia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui