OLHO DE PEIXE – O que é e como TRATAR

0
15163

Quase todo mundo já teve ou ouviu falar sobre verrugas que também é conhecido como  olho de peixe. Esse tipo de verruga que pode surgir na planta dos pés que é causada pelo vírus HPV tipos 1, 4 e 63, quando este entra em contato com a pele. Essa verruga é muito parecida com um calo que dificulta o doente de caminhar devido a dor ao pisar sobre ela.

Muitas pessoas confundem o cravo plantar com o OLHO DE PEIXE, sendo que neste último caso, há vários pontos preto no local e provoca dor ao ser pressionado lateralmente. Já o cravo plantar, não tem os pontos preto e dói quando pressionado verticalmente.

olho de peixe dicas de tratamento

O HPV causador da verruga plantar não é contagioso, mas as lesões causadas por ele podem se espalhar para outras pessoas ou para outros locais do corpo da pessoas que tem esse problema. O HPV que provoca o olho de peixe pode ser combatido pelo sistema imunológico, por isso nem todas as pessoas que entram em contato com ele desenvolvem uma verruga plantar.

Sintomas

Como toda verruga o OLHO DE PEIXE se caracterizada por:

  • Elevação da pele que forma uma pequena lesão arredondada de cor amarelada com um ou vários pontos preto no meio, que se trata de pequenos vasos sanguíneos
  • Estas verrugas podem ser únicas ou a pessoa pode ter várias espalhadas pela planta dos pés
  • Causa dor e desconforto ao caminhar

Diagnóstico

O diagnóstico desse problema pode ser feito através de um exame visual ou, em alguns casos, pode ser feita uma biópsia.

Tratamentos Medicamentosos

Inicialmente, o especialista é o Podologista que poderá indicar o uso de remédios tópicos à base de ácido salicílico, ácido nítrico ou ácido tricloroacético, para usar em casa 1 vez ao dia. Este medicamento irá fazer uma suave esfoliação química na pele, removendo a camada mais superficial sem prejudicar a derme e a epiderme, sendo eficaz na eliminação da verruga plantar.

Se a verruga já estiver numa fase mais crônica da doença, alcançando regiões muito profundas da pele, pode ser necessário recorrer a um dermatologista, para que além do uso destes medicamento o médico faça a sua remoção, numa pequena cirurgia num consultório utilizando a crioterapia com nitrogênio líquido, por exemplo.

Dicas para um tratamento caseiro

1. Remover o excesso de pele

Para tratar o olho de peixe em casa você pode deixar os pés de molho numa bacia com água morna e um pouco de sal grosso, para amolecer a pele e retirar ao máximo toda a sujeira. Após os pés estarem devidamente limpos e com a pele mais amolecida, você pode passar um pouco de pedra pomes para remover o excesso de queratina da região à volta da verruga. No entanto, este procedimento não deve causar dor ou desconforto.

Não se deve tentar puxar a pele, tentando remover a verruga da planta dos pés em casa porque os vírus podem se espalhar, dando origem à novas verrugas e porque existe o risco de infecção local, uma vez que a pele fragilizada permite a entrada de micro-organismos mais facilmente.

2. Hidratar a pele

Após retirar o excesso de pele, queratina e a parte mais superficial da verruga, você pode hidratar bem os pés aplicando um creme hidratante para peles ressecadas e calçar um par de meias, para se certificar que os pés permanecem bem hidratados.

3. Aplicar a solução indicada pelo podologista ou dermatologista

Após o banho, antes de se deitar você deve ter os pés bem limpos e hidratados e então aplicar a solução indicada pelo podologista ou dermatologista, deixando o produto atuar durante toda a noite ou pelo tempo indicado pelo profissional. Estes medicamentos podem ser usados em forma líquida ou pomada, onde se coloca um tipo de band-aid para tapar a lesão.

Atenção: Jamais tente remover o olho de peixe em casa e sim procure um médico especialista.

por Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui